Governo confirma cinco mortos em chacina no bairro da Condor, em Belém

Três vítimas morreram na hora. Dois feridos em ação criminosa morreram no hospital, quando recebiam atendimento médico.

 

A Secretaria de Segurança Pública do Pará (Segup) confirmou, na manhã desta quarta (7), a morte da quinta vítima da Chacina ocorrida no bairro da Condor, em Belém, na noite de terça-feira (6). As vítimas assistiam a um jogo de futebol em um bar quando foram abordadas por homens encapuzados, que abriram fogo.

Rodnei Vasconcelos, Sebastião Pereira e Jairo Lobato Pimental morreram na hora. Ricardo Botelho morreu no Pronto Socorro Municial da 14 de março, e Evandro Sá morreu no Pronto Socorro do Guamá. As duas vítimas receberem atendimento médico, mas não resistiram.

Quatro feridos estão internados no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência em Ananindeua, sendo três adultos e um menor de idade. A Segup informou que a condição de saúde deles é estável.

Outros seis feridos estão internados nas unidades do Pronto Socorro Municipal nos bairros do Umarizal e do Guamá, em Belém, mas o estado de saúde dos pacientes não foi divulgado. Os nomes das vítimas foram preservados

De acordo com a Segup, o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Jeannot Jansen, se reuniu com integrantes dos principais órgãos, dentre eles Polícias Militar e Civil, para discutir a investigação dos homicídios.

Os corpos das vítimas da chacina estão sendo periciados. O corpo de Ricardo Botelho já foi submetido a exames necroscópicos. Os demais ainda devem ser examinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *