TEMER JÁ PERTENCEU AO PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO

Dermi Azevedo – Editor e Jornalista Responsável

O presidente Michel Temer já foi integrante do Partido Comunista Brasileiro (PCB), nos anos 60, tendo participado especificamente de grupos que realizavam atos de solidariedade a Cuba, por ocasião do primeiro aniversário da Revolução Cubana, liderada por Fidel Castro, por Che Guevara, além de outros revolucionários.

Essa informação circula entre os anistiados políticos brasileiros. Eles destacam a mudança de orientação política do presidente Temer que deixou para trás uma posição que simboliza a história da luta comunista, para liderar, décadas depois, a campanha pelo impeachment da presidenta legitimamente eleita Dilma Rousseff.

Canais
Pragmaticamente, porém, muitos comunistas de hoje consideram interessante manter contatos e canais abertos com o Presidente da República, de forma autônoma, sempre que essas gestões sejam feitas em momentos de crise. Enfatizam que a crise e a instabilidade, caracterizam a vida política brasileira de forma permanente, sobretudo desde o ano passado,  quando Temer tornou-se presidente de um governo golpista.